domingo, 22 de abril de 2012

Show de Paul McCartney



Show de Pontualidade

Iniciou pontualmente às 21h30;

Show de Interação e Simpatia

Se esforçou em falar português com o público, “pernambucanos”, "recifianos", “povo arretado”, dançou, acenou, gesticulou, sorriu, empunhou a bandeira de Pernambuco se doou inteiramente a sua plateia recifense;

Show de multi-instrumentos

Tocou, primorosamente, violão, guitarra, baixo, banjo, cavaquinho e piano;

Show de vitalidade

Aos quase 70 anos, derretendo no calor, nos deliciou com quase 3 horas de show, com direito a 3 bis!;

Show de tecnologia

Painéis da altura de edifícios, imagens perfeitas, iluminação versátil e primorosa;

Show pirotécnico

Fogos, explosões e uma tela de fundo fumegante durante a música Live and let die, momento extasiante, inesquecível com gosto de quero mais, mais, mais!

Show de qualidade de som

Não saberei falar tecnicamente sobre isso, sei apenas que o som encheu o estádio José do Rego Maciel completamente, sem distorção, barulhinhos, microfonia ou sei mais o que possa poluir um som de qualidade. Perfeito!

Show de baterista

O baterista que, fora as habilidades no instrumento, se destacou fazendo pantomimas que levarão a super plateia as gargalhadas;

Show de músicas

Esta é a lista de músicas apresentadas:

Magical Mystery Tour, Junior's Farm, All My Loving, Jet, Got To Get You Into My Life, Sing The Changes, The Night Before, Let Me Roll It, Paperback Writer, Long and Winding Road, My Valentine, Maybe I'm Amazed, Things We Said Today, And I Love Her, Blackbird, Here Today, Dance Tonight, Mrs. Vanderbilt, Eleanor Rigby, Something, Band On The Run, Ob-La-Di, Ob-La-Da, Back In The USSR, I got a felling, A Day In The Life, Let It Be, Live And Let Die, Hey Jude, Lady Madonna, Day Tripper, Get Back, Yesterday, Helter Skelter, Golden Slumbers, Carry That Weight, The End.

Show de possibilidades musicais

É bom confirmar o poder da boa música, não interessa o ritmo, o idioma, quando é boa ela toma você e leva ao êxtase.

Show de respeito pelo público

É gostoso sentir que valeu a pena o valor pago pelo ingresso; a caminhada até o estádio; a subida das escadarias; a espera pela inicio do show, o início na hora marcada; a acolhida simpática, simples pela celebridade, o artista internacional, reconhecido mundialmente; a preocupação pela qualidade do espetáculo a ser apresentado nos mínimos detalhes. É muito bom se sentir plenamente recompensado;

Show de plateia

A plateia por vezes hipnotizada, por outras histérica, porém, completamente seduzida!  Retribui ao espetáculo oferecido usando máscaras de Paul, agitando balões brancos e azuis e com cartazes escritos "NA, NA, NA, NA ", trecho da canção Hey Jude;


Show de Paul McCartney
Vários shows dentro de um show, um espetáculo inesquecível com gosto de quero mais. Um Lord inglês que botou o Recife aos seus pés, reverenciando seu talento  e  respeito pelo seu público, que se sente super, hiper, mega valorizado ao prestigiar seu trabalho. Obrigada, Paul! Eu Fui!!!! E me presentearei com seu show todas as vezes que puder, em Recife ou onde minhas pernas e bolso alcançarem!

Quem puder, ainda da tempo, ainda tem ingressos (comprei para meu filho), não percam!

Paul McCartney, EU E TODO RECIFE RECOMENDAMOS! 








Postar um comentário